Foto fachada centro de turismo

Centro de turismo Natal

O local do Forró com Turista é uma atração à parte. O prédio onde hoje funciona o Centro de Turismo de Natal desfruta de uma das mais privilegiadas vistas das praias urbanas de Natal, do rio Potengi, da Fortaleza dos Reis Magos e da Ponte Newton Navarro (Natal – Redinha). É aqui que a gente se encontra toda quinta para o Forró com Turista. Trata-se de uma construção edificada na virada do século XIX para o século XX, em estilo neoclássico. Desde sua construção, ao longo do tempo funcionou como residência particular, asilo de mendicantes, orfanato, área de segurança militar (durante a 2ª Guerra Mundial) e penitenciária pública de Natal até 1969. Na década de 1970, o prédio foi restaurado com o propósito de abrigar o “Centro de Turismo de Natal”. A inauguração aconteceu em 13 de novembro de 1976, mas seu tombamento pelo patrimônio histórico e artístico estadual só ocorreu em 11 de agosto de 1988. O Centro de Turismo se destaca pelo seu pioneirismo na oferta de serviços e produtos especializados, na sua grande maioria produtos produzidos no RN. Na época de sua inauguração, ninguém imaginava que Natal se transformaria em um dos principais polos turísticos do país. Hoje, o Centro é um dos melhores centros de artesanato do Rio Grande do Norte, onde cada antiga cela é uma pequena loja com as mais diversas tipologias do nosso artesanato. Atualmente é administrado por uma associação reconhecida como de utilidade pública, com apoio e supervisão da Secretaria Estadual de Turismo.


História & Curiosidades